Thursday, February 14, 2008

Paradoxo do Dia

És um homem bom. Dedicas-te aos que te rodeiam, amas a paz, o amor, a tranquilidade; queres a felicidade e a vida e até tens quase tudo isso; não tens ambições… “Não vos preocupeis comigo que eu não me preocupo convosco. Não me chateeis, que eu não vos chateio. Laissez faire, laissez passer. Mas vejam sempre este meu lado bom!”. Tens caridade pelos fraquinhos, mas nada de inveja dos poderosos! Aliás, o dinheiro a mais só faz mal!... És honrado, recto, justo. É claro que cometes as tuas pequenas tropelias, também. A vida é para se viver, que diabo!

Olha para ti, homem bom. Adora o teu Deus, não te esqueças. Agora toma lá um biscoito e vai pr’á casota. Porta-te bem…

(…)

És um homem forte! A vida só se consegue lutando por ela. Cultivas a tua nobreza, a tua poesia. Desenvolves o teu sentimento de honra. Olhas para ti. Não tens medo de nada, haha ha haha. Ris-te do medo dos outros. Lutas! Os obstáculos que venham! Incitar-te-ão. Os problemas que apareçam! Dominá-los-ás. Apostas em ti. Só te calarás quando souberes que o que disseste está certo! Só se cala o que pode falar… És duro e lânguido. És poeta e guerreiro.

Sê e não sejas! Vê, mas não vejas! Olha para ti, homem forte. Desafio-te a venceres… e desafio-te também a verificares por ti próprio como foste influenciado por estas palavras…

- C@nd.

Post a Comment